19/09/2011

CEARENSE CRIA CARRO QUADRIFLEX

O engenheiro cearense Fernando Ximenes proprietário da empresa Gram-Eollic apresentou na EcoEnergy em São Paulo o carro quadriflex, movido a gasolina, etanol, energia eólica e elétrica. Utilizando um veículo flex (Fiat Uno), incorporou a tecnologia que inventou, que consiste em um painel de células fotovoltáicas e mini-turbinas instaladas no para-choque do veículo, gerando energia elétrica para funcionalidade de equipamentos como ar-condicionado, recarga de bateria e outros. Como o motor fica livre dessa função (sem correia de alternador para recarga da bateria) economiza combustível. Segundo Ximenes a economia de pode chegar a 40% e o mesmo percentual na redução de CO2 o que torna a invenção bastante interessante, o preço do equipamento gira em torno de R$ 8.000,00. Todo o sistema elétrico será abastecido pelo painel e turbinas e não gera risco do motorista ficar sem bateria, porque ela inicia seu processo de abastecimento quando o carro atingir uma velocidade de 40km/h ou quando ficar estacionado em local ensolarado. Apesar da utilização do Uno, a Fiat não participa do projeto, mas uma empresa americana já demonstrou interesse na teconologia que é fruto do trabalho de seis anos.

Fonte: GramEollic

Um comentário:

  1. Creio que um veiculo flex, deveria ser alimentado por mais de um tipo de combustivel.. no caso deste carro, ele continua usando combustivel fossil para se movimentar.. entao ele continua sendo bi-combustivel. O melhor seria se fosse acoplado um motor eletrico ao veiculo, assim usando tambem a energia eletrica solar ou eolica para movimentar o carro. O carro nao é movido a 4 combustiveis, e sim a 2 somente.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e ajude a melhorar o blog.

Poderá gostar de ler:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...